NOTÍCIAS DE GOIÁS

março 7, 2021

Brazil Urgente

Portal de Notícias em geral

Covid-19: Associação e médicos alertam para saturação de hospitais particulares em Goiânia

Um áudio publicado em aplicativo de mensagens atribuído a um médico em Goiânia alerta para a saturação de hospitais particulares em Goiânia. O alerta diz que há filas nas instituições particulares que, na capital, não possuem mais vagas para dar conta da alta demanda com o avanço da chamada segunda onda da pandemia de Covid-19.

“Não tem vaga em nenhum lugar da cidade. Orion, Hospital Neurológico, Hospital dos Acidentados, Garavelo, Santa Bárbara, IOG, Santa Bárbara, Amaparo, Santa Helena, Hospital do Coração. Tudo sem uma única vaga sequer. Agora não é hora de pegar Covid-19”, diz o relato.

A situação relatada pelo médico no áudio é corroborada por carta aberta publicada pela Associação dos Hospitais Privados de Alta Complexidade do Estado de Goiás (Ahapceg).

“Informamos que nesta sexta-feira, 19 de fevereiro, não há disponibilidade de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nos hospitais associados da Ahpaceg. Esses leitos encontram-se ocupados ou bloqueados para pacientes graves já em atendimento nos hospitais, por isso, não podem ser abertos para novas internações”, alerta a carta da Associação.

A Associação ainda aponta que o aumento da oferta de vagas neste atual cenário é inviável. A situação é diferente de 2020, pois as instituições estão, atualmente, recebendo pacientes com outras enfermidades, coisa que não acontecia no ano passado, quando muitas pessoas deixaram de procurar os hospitais temendo a contaminação pelo coronavírus.

“Os hospitais também encontram-se descapitalizados e sem condições financeiras para novos investimentos. Essa situação decorre de problemas, como o aumento dos custos assistenciais em 2020, quando nossos gastos com medicamentos, pessoal e Equipamentos de Proteção Individual, por exemplo, aumentaram expressivamente e não tivemos apoio dos Governos ou contrapartida das operadoras de planos de saúde”, relata a carta aberta.

Fonte: Jornal Opção

%d blogueiros gostam disto: