29 de novembro de 2021, 14:31h

Arma cenográfica que matou diretora tinha munição real

A arma cenográfica que matou a diretora de fotografia no set do filme de Alec Baldwin continha munição real, disse um sindicato de Hollywood em uma mensagem aos membros, segundo publicações da indústria do cinema. “Uma munição verdadeira foi acidentalmente disparada no set pelo ator principal, atingindo a diretora de fotografia Halyna Hutchins, integrante da Local 600, e o diretor Joel Souza”, disse uma filial local da Aliança Internacional de Funcionários de Produções Cênicas (IATSE, da sigla em inglês) aos membros em memorando, de acordo com a revista “Variety” e o site IndieWire. A polícia no entanto ainda investiga o caso.