17 de janeiro de 2022, 16:56h

Covid-19: Trump critica políticos que não admitem ter dose de reforço de vacina

O ex-Presidente dos EUA, Donald Trump, criticou os políticos que se recusam a dizer se receberam doses de reforço da vacina contra a covid-19, acusando-os de falta de “coragem”. “Devem dizer isso. Quer tenham sido [vacinados] ou não. Digam”, desafiou Trump, durante uma entrevista divulgada hoje (13). Trump – que foi vaiado pelos seus apoiadores no mês passado, por revelar que recebeu uma dose de reforço da vacina — tem se tornado cada vez mais agressivo contra os que questionam a eficácia e a segurança das vacinas contra a covid-19. Vários analistas realçam a mudança de postura de Trump perante a pandemia, interpretando o seu novo posicionamento como estratégia para uma eventual recandidatura à Casa Branca.

Trump, enquanto estava no cargo, minimizou consistentemente o risco representado pela covid-19 e recebeu a vacina de forma discreta e fora do olhar das câmaras. Agora, ele critica os políticos que não assumem publicamente terem sido vacinados. “Eu fui vacinado. E recebi a dose de reforço. Vi alguns políticos serem entrevistados e uma das perguntas era: ‘Recebeu a dose de reforço?’ E eles dizem: ‘Oh, oh…’ A resposta era ‘Sim’, mas eles não o querem dizer. Porque não têm coragem”, disse Trump. (Com agências internacionais)