26 de outubro de 2021, 12:20h

Mãe de Paulo Gustavo: “Bater palma para Renan Calheiros? Só se eu fosse muito louca”

Convidada para participar da cerimônia de encerramento da CPI da Covid, Déa Lúcia, mãe de Paulo Gustavo, recusou. Para tanto, manifestou sua indignação com os rumos tomados pela CPI: “Essa CPI virou uma CPI política, comandada por Renan Calheiros e Omar Aziz. Você acha que é séria e que vai dar em alguma coisa? Já estão em ano eleitoral. Não vou me prestar a isso.” E disse ainda, especificamente sobre Renan: “(…) bater palma para Renan Calheiros? Só se eu fosse muito louca. Só se fosse para o Paulo Gustavo ressuscitar e dizer: ‘Mãe, vou dar na sua cara’.”