1 de dezembro de 2021, 21:08h

Mutirão Iris Rezende: Governo de Goiás fez mais de 50 mil atendimentos só no primeiro dia

O 1º Mutirão Iris Rezende Governo de Goiás realizou mais de 50 mil atendimentos no primeiro dia da estrutura montada na Praça da Feira, Avenida Mangalô, Setor Morada do Sol, neste sábado (20), e teve presença de cerca de 40 mil moradores da região ao longo das atividades, das 7 às 17 horas. Os serviços continuaram neste domingo (21), das 8 às 12 horas.

“Estou realizado porque todas as pessoas são unânimes em dizer que foi o maior mutirão que já existiu, com maior número de pessoas atendidas e maior número de ações do governo. Não teve um ponto que deixasse a desejar”, avaliou o governador Ronaldo Caiado. Ele permaneceu no mutirão das 8h da manhã até 16h40, nesta iniciativa em homenagem ao ex-prefeito e ex-governador, com oferta de serviços prestados diretamente ao cidadão.

Saúde foi uma das áreas mais procuradas pela população, que encontrou um aparato bem preparado para atender as demandas. Com mais de 150 trabalhadores mobilizados em cada dia do mutirão, entre médicos, biomédicos, enfermeiros e administrativos, o Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO), facilitou o acesso da população aos serviços como consultas e exames oftalmológicos.

“Vocês precisam ver o padrão”, exaltou Caiado, que inclusive aproveitou para aferir a pressão e fazer teste de Covid-19. Ele assegurou que sua gestão manterá o que “sempre foi marca de boa gestão e respeito à população, de um homem que tanto construiu e deu orgulho, ex-governador, ex-prefeito de Goiânia e ex-ministro Iris Rezende Machado”.

A ocasião permitiu que a Saúde, na avaliação do titular da SES, Ismael Alexandrino, se aproximasse do cidadão. “É um pool de serviços neste primeiro mutirão do governador Caiado, certamente o primeiro de muitos deste nível. Sempre buscando aproximar da população, atender anseios, unindo forças, tanto do Executivo quanto do Legislativo”, destacou o secretário.

A previsão é distribuir 1,2 mil senhas ao longo dos dois dias de mutirão para os procedimentos. Para a oftalmologia foram montados seis consultórios, sendo quatro na estrutura física e dois no ônibus da Fundação Banco de Olhos de Goiás (Fubog). Auto-refração e de tonometria foram os exames ofertados. “Fiquei muito tempo na espera pelo SUS e ao saber do mutirão, decidi vir com todo aqui. E foi muito rápido. Não faz nem meia hora que estou aqui e já fui atendida”, contou Juliana Brisa Gomes Magalhães, de 27 anos, do Residencial Fonte Nova, que buscou o atendimento para si e seus quatro filhos.

Gercino da Silva Abreu, de 45 anos, morador do Parque Tremendão, era outro que procurava por este atendimento e teve o problema resolvido no próprio consultório disponibilizado no Mutirão. “Precisava retirar os cílios que crescem para dentro do olho e me incomodam. Vim procurar um exame, mas eles fizeram o procedimento aqui mesmo, foi bom para aliviar minha dor”, comemorou. Caso haja necessidade de algum procedimento, o paciente é regulado para atendimento. Quando constatada alguma deficiência visual, foi fornecida receita médica e um voucher da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) para receber a doação de óculos.

 

“Estou realizado porque todas as pessoas são unânimes em dizer que foi o maior mutirão que já existiu, com maior número de pessoas atendidas e maior número de ações do governo”, avaliou o governador Ronaldo Caiado (Foto: Cristiano Borges, Hegon Corrêa e Lucas Diener)

Covid-19
O mutirão também foi uma ocasião para atualizar o cartão de vacinação contra a Covid-19. Como médico que é, o próprio governador fez questão de aplicar a dose em uma das moradoras. Fábia da Conceição Fernandes, 32 anos, dona de casa que aproveitou para completar o esquema vacinal. “Vi no jornal que teria aqui. Minha mãe mora na região, pertinho e facilitou bastante”, diz a moradora do Sítio de Recreio Mansões do Campus. Residente no Estrela Dalva, Adilson de Moraes Teixeira, também saiu imunizado com a segunda dose da Pfizer. “Minha irmã me disse que estava tendo aqui. E contra essa doença, é melhor vacinar e prevenir”, disse.

Na lista de atendimentos disponibilizados pela SES-GO estão exames de imagem, como ultrassonografia, ecocardiografia e eletrocardiografia, além de aferição de pressão arterial e glicemia, testagem para Covid-19 e vacinação contra a doença. Foi disponibilizada uma sala para médico clínico, para eventuais necessidades de atendimentos no local. Ainda esteve no local a unidade móvel (ônibus) do Hemocentro de Goiás para quem quis fazer doação de sangue.

Visita a estandes
Após realizar a abertura do Mutirão Iris Rezende com entregas de benefícios e lançamentos de obras, o governador Ronaldo Caiado vistoriou os estandes da estrutura montada na Praça da Feira, na Avenida Mangalô, Setor Morada do Sol, região Noroeste de Goiânia, para conversar com as pessoas atendidas e falar sobre os serviços oferecidos à população. O evento é uma homenagem ao ex-prefeito de Goiânia e ex-governador Iris Rezende, que faleceu no último dia 09 de novembro e cujos mutirões estão entre as marcas de sua trajetória política.

“Os dias de hoje e de amanhã serão todos aqui na Região Noroeste. Lógico que Iris amava a cidade de Goiânia e o Estado de Goiás como ninguém. Mas estamos aqui nesta região como homenagem direta, onde ele mostrou ao Brasil aquele mutirão de construção de mil casas em um dia, um trabalho direto junto à comunidade”, disse o governador.

Presente no evento, Aristóteles de Paula, o Toti, participou da coordenação e do planejamento da montagem da estrutura do Mutirão Iris Rezende, por ter experiência nos eventos realizados pelo ex-governador. Segundo ele, a responsabilidade continua a mesma por serem os mutirões uma forma de os gestores compartilharem os seus conhecimentos com a população, com as pessoas que precisam do poder público. “O mutirão é uma festa, na realidade, onde se vê pessoas de todos os segmentos, compartilhando, muitas vezes, não só os serviços, mas interagindo, passando informações do que o bairro precisa”, ressaltou.

Luzia Rosa do Carmo Garcia, de 64 anos, é costureira e moradora do Finsocial. “Gostei muito, sempre acompanhei os mutirões do Iris. Gostei da homenagem. Tenho minha casa hoje e agradeço ao Iris. Gostei do atendimento”, disse ela, ao revelar que participou de edições realizadas pela prefeitura e as compara com esta do Governo de Goiás.

Nos estandes da Secretaria da Retomada e da Secretaria de Indústria e Comércio (SIC), Caiado conheceu as instalações e os serviços oferecidos pelo Sesi e Senai. Ao lado deles, estava estacionado o caminhão da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), que oferece cursos por meio do Senai. Na Unidade Móvel, estavam sendo oferecidos cursos como o de Iniciação em Panificação Profissional. O governador experimentou doces produzidos já pelos alunos e aproveitou para distribuir alguns deles aos participantes.

Para promover capacitação profissional e fomentar o empreendedorismo, equipes do governo e de órgãos parceiros fizeram a divulgação das opções de cursos gratuitos realizados pelos Colégios Tecnológicos de Goiás (Cotecs). É oferecida ainda consultoria financeira a empresários, a partir de uma parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae Goiás) e orientações especializadas.

Paloma Gonçalves de Carvalho, moradora Morada do Sol, de 16 anos, é estudante e concluiu o curso de Serviços de Beleza do Cotec Goiás. “Gostei muito, a professora explicou bem e vou querer ter novas oportunidades para fazer novos cursos. Espero que esse que concluí me ajude a conseguir um emprego melhor. Quero fazer também os de auxiliar administrativo e de gestão empresarial. Novas oportunidades se abriram aqui na Região Noroeste”, afirmou.

 

Para promover capacitação profissional e fomentar o empreendedorismo, equipes do governo e de órgãos parceiros fizeram a divulgação das opções de cursos gratuitos realizados pelos Colégios Tecnológicos de Goiás (Foto: Cristiano Borges, Hegon Corrêa e Lucas Diener)

Outra beneficiária dos serviços do mutirão, Edinair Costa Ferreira, de 43 anos, é auxiliar de limpeza e moradora do Residencial Paulo Pacheco. “Vim fazer a carteira de identidade dos meus dois filhos, precisava fazer há muito tempo. O atendimento para mim foi muito bom, consegui fazer a identidade dos dois, está dando tudo certo. E sem pagar nada”, disse.

No estande do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), estava Vilanir Pereira Barros Rodrigues, de 46 anos, vendedora e moradora do Jardim Itaipu, quando o governador passou para visitar os servidores e a população que recebia atendimento. Ela buscou o parcelamento de IPVA. “Vai ser bom porque vou poder andar em dia. Parcelei em seis vezes e já estou em dia. O atendimento aqui ajuda muito, porque eu não sabia nem aonde ir, ajudou bastante e já está terminando aqui”, disse.

Presente no evento, a Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) fez entrega de vários equipamentos e produtos. Géssica Soares, de 23 anos, é mãe da Maria Valentina, de 1 ano, e estava no estande durante a visita do governador, que fez questão de pegar no colo a criancinha. “Vim receber fraldas. Está tudo muito organizado, certinho”, disse a mãe.

No estande da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), 2 mil mudas de ipê, bálsamo, jacarandá, pata de vaca e baru são distribuídas, durante os dois dias do evento.

Após visita a aproximadamente 10 estandes durante a manhã, o governador visitou a Escola Municipal Professora Leonísia Naves de Almeida, a maior de Goiânia, onde foi servido almoço aos trabalhadores do mutirão. Ele almoçou com equipe e servidores no local, onde foi servido arroz de carreteiro. “É dar continuidade à história de Iris Rezende, que durante 62 anos de sua vida fez política com dignidade, altivez, seriedade e amor ao Estado. Deu projeção nacional a Goiás”, concluiu Caiado.