25 de julho de 2021, 16:21h

No Centro-Oeste, umidade do ar comparável a desertos

A Região Centro-Oeste vem enfrentando um longo período de estiagem. A falta de chuva e o predomínio do ar seco, ascendem o alerta para as capitais que já registraram baixos índices de umidade do ar, nesta semana. Em Goiânia, registrou-se 14% de umidade do ar ontem (20), sendo a menor umidade do ar do ano, considerado estado de alerta. No ano passado a umidade do ar foi mais baixa, de 8% nos dias 03, 04 e 7 de outubro, considerado estado de emergência.