29 de novembro de 2021, 14:09h

Pastor não é enterrado esperando ser ressuscitado

A viúva de um pastor evangélico acionou a Justiça para impedir o enterro do corpo do marido. A justificativa é de que ele ressuscitará às 23h30 de hoje (25). O religioso faleceu na última sexta-feira (22) em decorrência de complicações promovidas pela Covid-19. O caso foi registrado em Goiatuba, interior do Estado. Ana Maria de Oliveira argumenta que o pastor Huber Carlos Rodrigues deixou uma declaração datada de 2008, em que ele relata que conversou com o Espírito Santo e foi informado que ressuscitaria após três dias de sua morte.