17 de janeiro de 2022, 16:25h

Presos fraudadores de licitações de cestas básicas

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Administração Pública (Dercap), deflagrou na quarta-feira (12) a 2ª fase da Operação Welfare. Dois investigados foram presos. A Justiça decretou a indisponibilidade de bens e valores e o afastamento das funções de um dos investigados, além de mandar bloquear R$ 631 mil 440 das contas dos envolvidos. A investigação apura fraude a licitação para aquisição de cestas básicas pela Prefeitura de Itapaci. Há indícios de que um servidor da Prefeitura seria o administrador oculto de um supermercado que venceu 11 licitações para a compra dos alimentos. As informações são da Polícia Civil.