29 de novembro de 2021, 15:08h

Programa Mães de Goiás entrega 1.918 cartões em sete municípios

Receberam o benefício, nesta terça-feira (21), chefes de família de Cavalcante, São Luís de Montes Belos, São João da Paraúna, Paraúna, Alvorada do Norte, Flores de Goiás e Colinas do Sul. Com valor de R$ 250, auxílio busca garantir a segurança alimentar de crianças, além de movimentar a economia local

O Governo de Goiás entregou, nesta terça-feira (21/9), 1.918 cartões do Programa Mães de Goiás em sete municípios do Estado. Famílias de Cavalcante, São Luís de Montes Belos, São João da Paraúna, Paraúna, Alvorada do Norte, Flores de Goiás e Colinas do Sul receberam o benefício que garante distribuição de renda e busca promover segurança alimentar, fomentar renda, oferecer melhor qualidade de vida e assegurar a permanência de crianças na escola.

O Mães de Goiás institui auxílio financeiro no valor de R$ 250 por mês e atenderá, em todo o Estado, 100 mil mães. O investimento total é de R$ 219 milhões, viabilizados pelo Fundo de Proteção Social do Estado de Goiás (Protege Goiás). As famílias contempladas serão atendidas por meio de um calendário progressivo, que incluirá todos os beneficiários em até 10 meses. “Quando o dinheiro é corretamente aplicado, ele chega em benefício para a população”, afirma o governador Ronaldo Caiado.

Até o final de setembro, 40 municípios receberão um total de 11.762 cartões. Além das sete cidades que receberam o benefício nesta terça-feira, já foram entregues cartões em São Miguel do Passa Quatro, Urutaí, Edéia, Joviânia, Caçu, Itaberaí, Jaraguá, Americano do Brasil, Anicuns, Vila Propício, Araguapaz, Mozarlândia, Aragarças e Bom Jardim de Goiás.

Representando o governo estadual na cidade de Cavalcante, no Nordeste Goiano, o titular da Secretaria de Desenvolvimento Social de Goiás (Seds), Wellington Matos, fez questão de ressaltar que o Programa Mães de Goiás foi idealizado pela coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais (GPS) e presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), a primeira-dama Gracinha Caiado, com aval imediato do governador Ronaldo Caiado. Ele ainda lembrou o trabalho de recuperação do Estado que vem sendo feito desde 2019.

“O Governo de Goiás vem investindo muito desde o início desta administração, e isso vocês observam em melhorias nas estradas, no investimento na segurança dos municípios, na saúde que vem melhorando em todo o Estado e, principalmente, na área social, que vem sendo privilegiada pelo governador Ronaldo Caiado e por Gracinha Caiado”, afirmou

Wellington Matos ainda reforçou o amplo trabalho do Governo de Goiás em Cavalcante. A cidade, por exemplo, já recebeu cerca de 10 mil cestas básicas desde março de 2020, quando teve início a pandemia da Covid-19. Mais donativos chegarão aos municípios nos próximos meses.

“Atendemos todas as comunidades quilombolas, estamos levando energia elétrica para as comunidades quilombolas e assentamentos, trouxemos o Goiás Social para Cavalcante e também realizamos uma força-tarefa para cadastrar representantes das comunidades quilombolas no Auxílio Emergencial da Lei Aldir Blanc, que vai garantir recursos para realização de atividades culturais. Essas são algumas das ações no município e região”, lembrou o secretário.

Uma das mães que foi beneficiada em Cavalcante, Geórgia, da Comunidade Vão de Almas, afirmou estar muito feliz por ter conseguido o cartão do Mães de Goiás. “Sou a mãe da Mirela e hoje a gente vai ter uma renda para levar alimento para casa”, disse.

Balanço
O Mães de Goiás é uma das ações do Governo de Goiás que somam mais de R$ 1 bilhão em investimentos para promover proteção social. As iniciativas já consolidadas representam mais de R$ 364 milhões.

O trabalho, coordenado pelo governo estadual, garantiu distribuição de 130 mil cobertores, 750 mil cestas básicas, segurança alimentar para 530 mil estudantes, 10 mil bolsas concedidas pelo Universitário do Bem (ProBem) e 5 mil vagas para o Aprendiz do Futuro. Na última sexta-feira (17/09), o Governo de Goiás ainda iniciou a quarta etapa de entrega de cestas básicas, que terá mais 250 mil donativos distribuídos em todos os municípios do Estado.

O Governo do Estado destinou ainda R$ 830 milhões para novas iniciativas, como reforma e construção de casas sem custo ou parcela de financiamento para os moradores. Além de repassar R$ 20 milhões do Crédito Social para a reinserção das famílias em uma atividade econômica, com a transferência de recursos para o início de pequenos negócios.