17 de janeiro de 2022, 16:51h

Criança de 2 anos testa positivo para Covid pela segunda vez

Não poder ir à escola e deixar de frequentar lugares com aglomeração de pessoas são alguns dos cuidados que a família de Valentina Severino de Souza, de apenas dois anos, precisou adotar depois que a menina testou positivo para a Covid-19 duas vezes em Sorocaba (SP). A mãe da menina, Milene Severino de Oliveira, de 27 anos, contou que a primeira vez que a filha foi confirmada com a doença foi em 28 de março do ano passado. Já a reinfecção ocorreu seis meses depois, em 25 de setembro.

“Ela acabou se contaminando novamente e não sabemos como foi. Só ela da família teve naquele momento. Durante o dia teve febre e à noite não dormiu. Aumentou a febre dela, levei ao hospital e chegou com um quadro de 39 de febre e 210 de batimentos cardíacos, vomitando também. Ficamos preocupados”. Segundo Milene, Valentina precisou ficar internada por dois dias quando testou positivo pela segunda vez. Ela passou por exames e foi constatado que estava com pneumonia. “Houve muita oração. Aí entra o poder de Deus. Um apóstolo chamado Sérgio Lopes foi usado por Deus para profetizar que ela estaria de alta no dia seguinte, que seria o segundo dia de internação. Deus fez um milagre e ela saiu no segundo dia mesmo”, lembra.