17 de janeiro de 2022, 17:28h

Empresário Lelê Junqueira morreu em decorrência de tromboembolismo pulmonar, diz médico

Tromboembolismo pulmonar é a principal hipótese de causa da morte do empresário goiano Alessandro Junqueira, conhecido como Lelê Junqueira, de 50 anos. A informação é do médico Raphael Junqueira. De acordo com o profissional de saúde, Lelê, que foi encontrado sem vida no apartamento onde morava, em Goiânia, na noite de ontem (11), havia sido diagnosticado com virose na última semana e o tromboembolismo pulmonar pode ter sido ocasionado pela doença como sequela tardia. Lelê, que começou sua carreira como produtor de eventos ainda na juventude, era responsável pela tradicional Festa da Fantasia de Goiânia. Alessandro Junqueira deixa os filhos Yan, de 17 anos, e Lanna, de 19.