25 de julho de 2021, 15:48h

Gloria Perez cita caso Lázaro para criticar “saídinhas” de presidiários

Gloria Perez usou as suas redes sociais para mostrar toda a sua revolta contra as leias do Código Penal Brasileiro. Na crítica, a novelista da Globo abordou o caso Lázaro Barbosa, de 32 anos, que é acusado de ter matado quatro pessoas da mesma família em Ceilândia (DF). No texto, então, a escritora reclama da Justiça brasileira e questiona as “saídinhas” dos presidiários, que são oferecidas em datas comemorativas, a depender da pena. Esta não é a primeira vez que a novelista faz críticas às decisões judiciais. Em 1992, ela teve a filha, Daniella Perez, assassinada pelo ator Guilherme Pádua e sua ex-esposa, Paula.