Brazil Urgente

Portal de Notícias em geral

Jornal Nacional e G1 usaram números não verdadeiros para condenar a realização da Copa América em Goiânia

Autoridades sanitárias de Goiás e de Goiânia garantem que a Copa América não representa nenhum perigo quanto à Covid-19

Sem os direitos de transmissão da COPA AMÉRICA 2021, a principal competição de futebol entre as seleções da América do Sul, os veículos do Sistema Globo concentram críticas e colocações pesadas contra a realização do evento no Brasil,  que será sem a presença de público nos jogos. Além disso, o Portal G1 e o Jornal Nacional divulgaram números não verdadeiros quanto a ocupação de leitos para tratamento de Covid-19 na cidade de Goiânia. Segundo a matéria da Globo e do G1, a capital goiana estaria com uma tacha de ocupação de 76% dos seus leitos de UTIs, o que não é a verdade dos fatos.

A Prefeitura de Goiânia através de sua ferramenta de informação sobre a COVID-19 mostra que neste momento a ocupação de UTIs para tratar Covid-19 é de 72%, assim como também é de 72% a ocupação dos leitos de enfermaria utilizados para tratar a Covid-19.

As autoridades sanitárias de Goiânia e de Goiás foram favoráveis ao evento em função da situação de controle e estabilidade dos números da Covid por aqui, e principalmente porque os jogos não terão a presença de público e ainda assim haverá um protocolo super rígido da CONMEBOL como controle total das delegações que só deixarão seus hotéis para treinamentos e jogos, vacinação de todos os envolvidos na Copa América, dos atletas, comissões técnicas e até da imprensa que fará a cobertura.