Brazil Urgente

Portal de Notícias em geral

Foto: Ruber Couto

Lissauer Vieira anuncia projeto voltado para a geração de emprego e renda em Goiás

De iniciativa da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), o “Gera Goiás” visa estabelecer parcerias inovadoras com o objetivo principal de gerar emprego e renda para todos os goianos

Pautado pela inovação e buscando desenvolver ações voltadas para o desenvolvimento econômico-social de todo o estado, o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), Lissauer Vieira (PSB), anunciou nesta semana o novo projeto do Poder Legislativo. Trata-se do “Gera Goiás”, iniciativa que visa promover a geração de emprego e renda através de eixos de atuação relacionados ao agronegócio, moda e confecção e turismo. O programa, que será desenvolvido por meio de parcerias entre os poderes públicos, governos, instituições e a sociedade, terá como objetivo principal o fortalecimento da economia, o fomento ao empreendedorismo e a democratização no acesso ao mercado de trabalho.

Diante dos impactos negativos provocados pela pandemia da Covid-19 e da alta capacidade produtiva de Goiás nos diversos setores da economia, o chefe do Legislativo goiano ressaltou que o projeto contribuirá significativamente para alavancar a recuperação econômica do estado gerando, assim, qualidade de vida para a população e novos postos de trabalho. Segundo ele, a Alego terá um papel fundamental nesse sentido, atuando para estreitar as relações entre o empresário e o investimento, seja ele público ou privado.

“Sabemos de todos os reflexos negativos que essa grave crise sanitária tem provocado em nossa economia, afetando, principalmente, o mercado de trabalho. Com o Gera Goiás, nós queremos mudar essa realidade, gerando emprego e renda para a nossa população, mostrando a força do nosso agronegócio e da cadeia produtiva goiana. E a Assembleia Legislativa será essencial nesse projeto, buscando desenvolver ações importantes visando encurtar os caminhos entre os investidores e o setor empresarial, tanto público quanto privado”, explicou Lissauer.

Na última semana a primeira ação do projeto foi realizada na cidade de Itaberaí, com a apresentação de todo o planejamento do programa para vereadores, secretários e representantes de cooperativas locais durante audiência na Câmara Municipal. A intenção é levar a iniciativa para todas as regiões do estado.

Eixos de atuação

O Gera Goiás será desenvolvido através de três eixos de atuação. São eles, agronegócio, moda e confecção e turismo. Em cada um desses núcleos, o projeto contará com vertentes direcionadas para demandas específicas como disponibilização de crédito, regularização fundiária, ações voltadas para a sustentabilidade, entre outros.

No âmbito do agronegócio, o programa contará com o “Fomento Mulher”, que tem como intuito proporcionar maior autonomia para as beneficiárias do campo com a viabilização de crédito de R$ 5 mil por unidade familiar; o “Titula Brasil” que visa disponibilizar regularização fundiária de terras públicas federais e o “Cidades Verdes”, voltado para a produção de mudas e desenvolvimento sustentável.

Já no eixo de moda e confecção o projeto terá em seu núcleo de atuação o “Goiás na Moda”, uma vertente exclusiva para o empreendedorismo no ramo de vestuário, uma vez que, o estado é hoje um dos maiores polos do setor no país. A iniciativa será destinada para o mercado consumidor e para a consultoria na criação de confecções.

E na esfera do turismo o programa contará com o “Conheça Goiás”, que tem como proposta principal o mapeamento e incentivo ao desenvolvimento turístico do estado, valorizando as regiões, apresentando as potencialidades locais e fortalecendo, dessa forma, a economia regional.

São parceiros do projeto “Gera Goiás” o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Goiás (Crea-GO); Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar); Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra); Agência Estadual de Turismo de Goiás (Goiás Turismo); Mega Moda; Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Governo de Goiás e Governo Federal.