Brazil Urgente

Portal de Notícias em geral

MDB entrega cargos e agora é oposição em Goiânia

Conforme o Brazil Urgente havia antecipado, é realidade o rompimento político e administrativo do MDB com o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos). Após algumas mudanças na equipe promovidas pelo prefeito da capital, o MDB considerou que a postura do prefeito era de quem não mais queria a parceria que saiu vitoriosa na última campanha eleitoral. A presença de novos auxiliares que nem são de Goiás, portanto que não participaram da campanha eleitoral, também foi outro ponto levado em consideração para o rompimento.

Hoje de manhã em entrevista coletiva convocada pelo presidente estadual do partido, Daniel Vilela, 14 auxiliares entregaram seus cargos.

São eles: Alessandro Melo, Secretaria de Finanças; Agenor Mariano Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação; Carlos Júnior, Secretaria de Desenvolvimento); Pedro Chaves, Secretaria de Mobilidade; Murilo Ulhôa, CMTC; Célio Campos, Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia; Colemar Moura, Controladoria Geral do Município; Filemon Pereira, Secretaria de Direitos Humanos; Antônio Flávio, Procuradoria Geral do Município ; Leandro Vilela, Secretaria Extraordinária; Kleber Adorno, Secretaria de Cultura; Euler Morais Secretaria de Relações Institucionais; José Frederico Escritório de Prioridades Estratégicas; Gean Carlo Carvalho, Secretaria Executiva de Assuntos Estratégicos.

O rompimento acontece após série de mudanças promovidos por Rogério em cargos que o MDB considerava cruciais. O curioso é que os 06 vereadores do MDB continuam na base de apoio do prefeito Rogério Cruz, muitos deles inclusive com indicações várias no primeiro e no segundo escalões da administração.