26 de outubro de 2021, 11:16h

Quatro pessoas são indiciadas por provocar incêndio na Chapada dos Veadeiros

A Polícia Civil de Goiás concluiu três inquéritos que apuram as causas dos incêndios no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros (GO), ocorridos no mês de setembro de 2021. Quatro foram indiciados. Cerca de 28 mil hectares do Cerrado foram destruídos ao longo de duas semanas, o que equivale a aproximadamente 250 mil campos de futebol.

Foram concluídos três inquéritos na quarta-feira (13). Um dos focos começou quando dois dos indiciados, ao manusearem materiais de construção, provocaram acidentalmente chamas no Condomínio Vale Azul, em Alto Paraíso de Goiás, noroeste do estado.

As outras duas investigações mostraram que os incêndios foram intencionais. Um deles foi em uma estrada vicinal que dá acesso ao distrito de São Jorge, em um lixão. O outro, mais grave, aconteceu na Fazenda Cascata. Nesse último ponto, foram destruídos mais de 14 mil hectares. Um dos indiciados é um fazendeiro que estaria desmatando sua propriedade, a Fazenda Cascata. Esse foco deu origem ao incêndio mais grave, responsável por cerca de metade da área destruída.