1 de dezembro de 2021, 21:18h

Senado aprova projeto que cria feriado nacional em homenagem à Irmã Dulce

A Comissão de Educação do Senado aprovou projeto que cria um feriado nacional em homenagem à Irmã Dulce, primeira santa brasileira. A proposta é de autoria do senador Angelo Coronel (PSD-BA) e segue para análise na Câmara dos Deputados. O PL nº 4.028/2019 foi aprovado na última quinta-feira (18).

A proposta prevê a comemoração do feriado nacional para 13 de março, dia em que Irmã Dulce morreu. De acordo com o documento, o feriado “objetiva homenagear a vida de uma baiana, de uma brasileira, de uma santa que se dedicou a cuidar dos pobres, acolhendo todos com muito amor e dedicação na esperança de vê-los bem de saúde e vivendo com mais dignidade”.

Dois milagres reconhecidos pela Igreja Católica foram atribuídos à Irmã Dulce, que se tornou a primeira santa brasileira em outubro de 2019. Desde então, recebeu o nome de Santa Dulce dos Pobres.

O relator do projeto de lei, senador Flávio Arns (Podemos-PR), destacou que “Irmã Dulce não é reverenciada apenas pelos católicos e religiosos, mas por todo o povo e, em especial, pelos mais pobres”. Segundo ele, a santa dedicava-se “aos sem casa, aos que estavam na sarjeta: o marginal, a prostituta, o desvalido”.