25 de julho de 2021, 16:49h

Série infantil da Netflix promove ideologia de gênero para crianças

A Netflix adicionou em seu catálogo um desenho animado com adoção de linguagem neutra e ideologia de gênero para crianças em idade pré-escolar. Ridley Jones – a Guardiã do Museu conta com um personagem não binário e uma família de múmias com dois pais. O cartoon se encontra no top 10 de conteúdos infantis mais assistidos no momento. A narrativa acompanha a história de Ridley, uma menina que conta com a ajuda de seus amigos para proteger os tesouros do Museu de História Natural e o segredo mágico de que tudo ganha vida no local durante a noite. A série foi criada pela roteirista e produtora de televisão infantil Chris Nee, que se identifica como mulher lésbica. Ela também é a criadora por trás dos desenhos Doutora Brinquedos e Vampirina.