29 de novembro de 2021, 15:49h

Supremo forma maioria e rejeita habeas corpus de Zé Trovão

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria para rejeitar um pedido de habeas corpus impetrado pela defesa do caminhoneiro Marco Antônio Pereira Gomes, conhecido como Zé Trovão. Com isso, está mantida a prisão preventiva determinada pelo ministro Alexandre de Moraes em setembro. O relator do caso na Corte, Edson Fachin, votou pela continuidade do pedido de prisão preventiva e foi acompanhado pelos ministros Ricardo Lewandowski, Cármen Lúcia, Dias Toffoli e Rosa Weber. O caminhoneiro é investigado em inquérito da Procuradoria-Geral da República (PGR) por ameaças à democracia.