Brazil Urgente

Portal de Notícias em geral

O presidente eleito Jair Bolsonaro fala à imprensa no Centro de Cultura Banco do Brasil (CCBB), sede do governo de transição, em Brasília.

“Eu resolvo o problema do vírus em poucos minutos”, diz o presidente Jair Bolsonaro

Presidente afirma que “é só pagar o que os governos pagavam no passado para” os grandes veículos de comunicação

O presidente da República, Jair Bolsonaro (Sem Partido), disse nesta terça-feira (06), para apoiadores na porta do Palácio da Alvorada, que ele acabaria com a crise provocada pela pandemia da Covid-19 em “poucos minutos”, com os recursos destinados para veículos de imprensa em gestões anteriores.

“Eu resolvo o problema do vírus em poucos minutos: é só pagar o que os governos pagavam no passado para a Globo, para a Folha, Estado de S. Paulo. Esse dinheiro não é para a imprensa. Esse dinheiro era pra outras coisas”, disse Bolsonaro.

Apoiadores questionaram o presidente sobre o recorde de mortes registrado nesta terça-feira, com 4.195 registros, entretanto, Bolsonaro ignorou.

“O pessoal entrou naquela pilha de homofóbico, racista, fascista, torturador… agora… Agora é o quê? Agora eu sou… que mata muita gente, como é que é o nome? Genocida. Agora eu sou genocida”, disse Bolsonaro, que ainda acrescentou: “Do que eu não sou culpado aqui no Brasil?”.